AME A NATUREZA COMO A TI MESMO.

Bugra

domingo, 24 de maio de 2009



No rosto redondo do céu
Sempre aberto para o vento azul
Equilibra visões entre noite e dia
Olha o mundo,
Aves, águas, árvores;
O dia tem um olhar inverso
Nunca é olhado;
Agressivo olho que somente olha
Ofusca olhos que ousam
Descobrir sua íris multicor;
Existe para o exercício da ótica
Que observa entorno
Parâmetros externos
Exigência de concentração dispersa...
Mundo viral gira
Animais e plantas
Cores distribuídas na pele da terra
Vistas através do sol
Proporções carnais nas cavidades
Bolitas em meu rosto
Enxergam induzidas conquistas
Sedutora parceria que abre cílios.





O céu entardecido
Exibe medalha de ouro
Redondamente amarela
Fumega em seu torno
Vermelho calor colhido no campo
Nas estradas de terra
Nas pastagens sem árvores.
Histórias diurnas
Engordam o sol
Robusto alimento
Para cair na gigante boca da noite

Quem sou eu

Minha foto

Vanda Ferreira, campo-grandense, cujo codinome é Bugra Sarará, é escritora e artista plástica. Editou treze livros, participou de diversas antologias. Realizou exposições individuais e participou de coletivas. Reside em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil.